Maçonaria é uma Religião.

Maçonaria é uma Religião.

A Maçoanria é uma Religião.

A Maçonaria é uma Religião?

 

Prof. Drd. Cídio Lopes de Almeida

Doutorando em Ciências das Religiões

Faculdade Unida de Vitória

Bolsista FAPES

 

 

ALMEIDA, C.L. A Maçonaria é uma Religião? (Ensaio). São Paulo: AMF3 Escola de Filosofia. 2023. Disponível em: https://amf3.com.br/maconaria-e-uma-religiao. Acesso em: (dd/mm/aaaa)

 

 

 

Neste breve texto reflexivo e de opinião objetivo apenas desenhar um esboço para questões que parecem resolvidas e com isto propor um novo olhar. A ideia problema é que os adeptos da maçonaria, numa perspectiva amadora e de adeptos, se limitam em dizer que a sociabilidade que fazem parte não é uma religião. Evocam habitualmente a ideia de que é uma filosofia de vida. Pelo que nossa provocação referenciada nas Ciências das Religiões propõe outro olhar, já como contribuição profissional a este fenômeno social de larga escala entre nós brasileiros que é a Maçonaria.  

 

O século XIX

 

Muito do que seja a maçonaria enquanto fenômeno social foi estabelecido no século XIX. Compreender as dinâmicas macros daquele século tem sido necessário para se compreender a maçonaria como fruto daquele tempo. Foi a época da sociologia de Émile Durkheim (1858 – 1917), ou, para além de uma pessoa, época em que a sociedade tinha demandas, as quais foram tematizadas não só por ele, mas por vários outros. Portanto, os temas refletiam certos problemas sociais em tela. Foi também a época do positivismo de Augusto Comte (1798 – 1857), a quem se atribui inclusive o emprego do termo sociologia pela primeira vez. Ademais, seu interesse sobre este tema específico pode ser verificado na obra Religião da Humanidade, que é uma ideia de uma religião civil, sem os vínculos habituais com aquilo que se compreendia como religião no contexto europeu.

error: Conteúdo autoral!