A FRACO-MAÇONARIA E A IGREJA GREGA

A FRACO-MAÇONARIA E A IGREJA GREGA

A Franco-Maçonaria e a Igreja Grega

A FRACO-MAÇONARIA E A IGREJA GREGA

La Franc-Maçonnerie et l’Église Grecque

Nésiotès Eutychios

 

Tradução

 

Cídio Lopes de Almeida

Doutorando em Ciências das Religiões

Faculdade Unida de Vitória

Bolsista FAPES

 

Nésiotès Eutychios. La franc-maçonnerie et l’Église grecque. In: Échos d’Orient, tome 15, n°95, 1912. pp. 333-341. DOI : https://doi.org/10.3406/rebyz.1912.3998 Disponível em: www.persee.fr/doc/rebyz_1146-9447_1912_num_15_95_3998

 

EUTYCHIOS, N. A Franco-Maçonaria e Igreja Grega. Trad. Cídio Lopes de Almeida. AMF3 Escola de Filosofia : São Paulo. 2023. Disponível em: https://amf3.com.br/a-fraco-maconaria-e-a-igreja-grega . Acesso em: (dd/mm/aaaa)

 

 

            Foi no século XVIII, pelo menos em sua forma moderna, que a maçonaria tomou um desenvolvimento sério no Ocidente. Já em 1738, foi condenada pelo Papa Clemente XII, condenação renovada em 1751 pelo Papa Bento XIV, e desde então, frequentemente, pelos sucessores desses pontífices. Na mesma época, a seita fez sua aparição no Oriente, onde a ortodoxia, em acordo com a Igreja Romana, também não lhe deu uma recepção muito calorosa.

            Somos informados sobre isso por dois documentos contemporâneos. O primeiro é um curioso trecho do Βίβλος βασιλειών [Bíblos Basileíon = Livro dos Reis[1]]

de Constantin Dapontès.



[1] A transliteração do grego para o alfabeto latino e posterior tradução para o português consta apenas na nossa tradução. No original em francês consta apenas o texto grego em alfabeto grego.

1 comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo autoral!